Faça você mesmo: creme dental caseiro

DSC_0190

Aqui vai a receita da pasta de dentes que eu uso atualmente. Conheci a receita através do blog Trash Is For Tossers, da Lauren Singer, e estou usando há dois meses, estou amando. Indico fortemente! É uma ótima opção para quem quer começar a produzir menos lixo. O melhor dessa pasta é que ela clareia muito os dentes e deixa eles menos sensíveis (hoje em dia eu consigo morder um picolé! Uhul!), além de durar bastante tempo, ser muito fácil de fazer, ser orgânica e vegana, ou seja, mais saudável. Ah, tem outra coisa, o óleo de coco nos previne contra cáries e aftas (Veja aqui a notícia da BBC), então não tem porque você continuar usando aqueles cremes dentais cheio de produtos químicos e que vem em embalagens descartáveis. Chega!

Antes que eu me esqueça, algumas pessoas vieram me falar que o bicarbonato de sódio faz mal, então fui conversar com uma dentista, e descobri que o uso abusivo dele faz mal sim, o uso moderado não faz mal. Um exemplo de uso abusivo dele é quando alguém o usa puro, ou faz com ele uma pasta com bem pouquinha água, e escova os dentes com essa pasta por vários minutos pra clarear os dentes em casa, não faça isso! Eu adoro usá-lo porque sinto os meus dentes mais limpos e eles ficam branquinhos. Mas se você tem os dentes extremamente sensíveis, pode substituir o bicarbonato de sódio por pó de juá.


VAMOS AO QUE INTERESSA!

Ingredientes:

  • 2 partes de Óleo de coco;
  • 1 parte de Bicarbonato de sódio;
  • Algumas gotas de Óleo Essencial de sua preferência (para dar sabor).

Preparo:
Essa receita é super simples! Basta misturar o óleo de coco com o bicarbonato de sódio e acrescentar o óleo essencial de sua preferência na quantidade de sua preferência.

Observações:
1. O óleo de coco derrete a 25°C, portanto, se ele ficar muito líquido basta deixar por poucos minutos no freezer ou na geladeira, se ele ficar muito duro, basta tirar de lá.
2. Esse creme dental tem validade de, em média, 2 meses.

Autor: Priscila V. Gonçalves

Olá, amados! Meu nome é Priscila V. Gonçalves, tenho 24 anos, sou vegana, sou de Santos mas moro em São Paulo. Em 2014 conheci a história de uma garota novaiorquina, que tem mais ou menos a minha idade, e atualmente não produz lixo há 4 anos, a Lauren Singer. Eu nunca antes tinha sequer imaginado essa possibilidade. Eu simplesmente me apaixonei pela ideia. Comecei a seguir o blog dela, e aos poucos fui descobrindo outras pessoas que também escolheram esse estilo de vida, e fui me inspirando cada vez mais até perceber que não é assim tão difícil quanto parece. Foi aí que decidi criar esse blog e começar a minha jornada lixo-zero.

19 comentários em “Faça você mesmo: creme dental caseiro”

    1. Oi Márcio! Tudo bem?

      Então, encontrei um artigo que diz o seguinte: “O flúor pode causar câncer ósseo, acelerar a osteoporose, afetar o funcionamento da tireóide e acarretar sérios problemas neurológicos.” http://www.brasilpost.com.br/2015/08/04/fluor-faz-bem-ou-mal_n_7935586.html

      Há muita controvérsia sobre o assunto, mas existem muitos profissionais que já não fazem o uso do fluor, e o acréscimo dele na água está sendo discutido por conta dos efeitos colaterais. Eu uso a pasta de óleo de coco porque ela evita a proliferação das cáries e é 100% orgânica. É uma ótima substituição para evitar os cremes dentais que contém fluor, eles são pura química e fazem muito mal a saúde, eu não gosto. Além de produzirem muito lixo com suas embalagens.

      Da uma olhada nesse artigo bem completo da Scientific American Brasil, aqui está muito bem explicadinho o problema com o fluor: http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/controversias_sobre_o_fluor.html

      Espero ter ajudado com a sua dúvida.
      Tenha um ótimo dia!

      Curtir

  1. olá, boa tarde.
    gostaria de saber quantas vezes ao dia poderia estar usando esse creme dental caseiro. Seria como de costume sempre após cada refeição?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Ana, bom dia! Pode escovar a língua sim, eu escovo normalmente até por força do hábito. Mas para limpar a língua tem algo bem bacana e mais eficiente que é um limpador de língua de metal, ele é maravilhoso. Quanto a essa questão da gengiva ficar dolorida vai da sensibilidade de cada um, a minha não fica dolorida, mas tem pessoas que tem problema com isso, nesse caso aconselho usar uma quantidade menor de bicarbonato.
      Abração!

      Curtir

  2. Olá, Priscila.Sou vegetariano e naturalista há 37 anos e adorei a dica. Quanto ao creme dental natural, sempre usei opções sem fluor e agentes químicos. Sei dos benefícios do óleo de coco em suas diferentes formas de uso e do bicarbonato de sódio que regula o ph e alcalizina a água.Farei uso sim desse creme dental. Seu blog é sensacional e a proposta de viver sem lixo, desafiadora e perfeitamente possível. Valeu pela dica e por nos iluminar com condutas sustentáveis e do bem. Muita luz..

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá, José! Boa noite. 37 anos, que fantástico, então você é um exemplo para mim. Fico feliz que você se proponha a usar o creme dental, o que eu acho o máximo a respeito dele é que mantém os dentes bem branquinhos. Muito obrigada pelo elogio ao blog, fiquei muito feliz com a sua mensagem!!! Muita luz pra você também!!! Muito obrigada por fazer a sua parte também. 🌻

      Curtir

    1. Olá, Jenniffer. Acho bacana armazenar em um potinho com tampa bem pequenino, como são poucos ingredientes e muito fácil e rápido de fazer, vale mais você fazer com mais frequência e garantir que não vai estragar. Mas quanto ao tipo de recipiente pode ser qualquer um de sua preferência. Minha única dica é que comporte pouca quantidade. Espero ter ajudado. 🙂 Um beijo.

      Curtir

  3. Oieee, tudo bom? Eu já estou usando essa receita, mas fiquei na duvida quanto ao óleo essencial.
    Óleo essencial é aquele que colocamos para aromatizar a casa? Existe um especifico comestível? Será de fica com colocar aqueles aromatizantes comprados no mercado, usados para fazer sobremesas?
    Aguardo sua resposta!
    Obrigada!!!
    Thays Sena

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá, me desculpe pela demora ao responder. É importante que você use o óleo essencial e não aromatizantes, chamados geralmente de essências. Como os nomes se parecem, e os frascos também, é comum confundir um com o outro. O óleo essencial é uma espécie de concentrado extraido do vegetal em questão (por exemplo o alecrim) e tem propriedades terapeuticas, o outro é apenas um aroma para ambientes e pode fazer mal colocá-lo na boca. 🙂 Espero ter ajudado. Boa noite!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s