Faça você mesmo: Cuscuz Vegan (muito simples)

cuscuz vegano

 

Primeiramente eu gostaria de pedir desculpa pela a minha ausência nesses últimos tempos. Venho também contar uma novidade: sou vegana há um mês e meio (UHUL!), e estou trabalhando em um texto bem bacana falando sobre o veganismo e sua relação com a sustentabilidade, explicando os meus motivos para ter aplicado essa mudança na minha vida.

Bom, vamos ao que interessa! 😉

Ingredientes:

  • 4 xícaras de farinha de milho
  • 4 xícaras de água
  • 2 tomates picados
  • 1 pimentão vermelho picado
  • 1 pimentão verde picado
  • 1 cebola picada
  • 1 xícara de palmito picado
  • 1/2 xícara de azeitonas
  • 1/2 xícara de ervilhas ou milho (prefiro ervilha por conta ma massa já ser feita com farinha de milho)
  • salsinha, sal, alho, pimentinha (eu indico a biquinho) ou molho de pimenta a gosto

Preparo:

  1. Refogue os pimentões, cebola e alho em azeite até dourar;
  2. Em seguida adicione os tomates, palmito, azeitonas, ervilhas e pimentinha e misture tudo refogando mais um pouco;
  3. Adicione a água, em seguida a farinha de milho e o sal (vai experimentando para saber se a quantidade de sal está como você gosta);
  4. Mexa até ficar uma massa consistente;
  5. Coloque em uma forma furada, apertando bem;
  6. Deixe esfriar e desenforme.
  7. Prontinho!

Observações:

  • Procure na sua cidade um local onde você possa comprar a farinha de milho a granel.
  • Na hora de comprar produtos como ervilha e palmito, por exemplo, dê preferencia a embalagens de vidro, como potes e copos, assim você pode reutilizá-los.
  • Você tem liberdade total para fazer as alterações que quiser na receita, você pode escolher os ingredientes de sua preferência para compor o cuscuz.

Espero que tenham curtido a receita! 🙂

 

2-gluten-2

Faça você mesmo: guacamole lixo zero (receita muito simples)

Ontem uma grande amiga da minha falecida mãe, que é como uma segunda mãe pra mim, me ensinou a fazer guacamole caseiro. Mal sabia ela que eu amo comida mexicana, e mal sabia eu que era tão fácil e barato fazer guacamole em casa, e além disso achei mais gostoso do que o que servem nos restaurantes mexicanos.

Pra quem curte bebida alcoólica, uma tequila e alguns mojitos ficam top pra acompanhar. Mexicanos e limonada também caem bem como acompanhamento. Tudo isso ao som de músicas mexicanas, é claro. Tudo de bom! E o melhor: sem lixo!

Vamos ao que interessa!

Ingredientes:

  • 1 abacate;
  • 1 pimenta vermelha picada sem as sementes (no caso eu planto em casa);
  • azeite a gosto;
  • sal a gosto;
  • 1 dente de alho cru esmagado;
  • 1/2 maço de coentro;
  • 1 limão espremido.

Forma de preparo:

Basta misturar tudo, amassando com o garfo ou batendo no liquidificador. Eu prefiro fazer com o garfo para não ter que lavar o liquidificador depois, e como o abacate é facil de amassar então não da trabalho fazer na mão.

Observações:

  • Prefira sempre ingredientes orgânicos;
  • As quantidades descritas acima serve 2 pessoas com fartura;
  • Você pode também dobrar, triplicar, quadruplicar as quantidades descritas acima dependendo da quantidade de pessoas que você for receber, lembrando sempre de manter as proporções;
  • Para acompanhar nós cortamos pão sírio integral e colocamos no forno para ficar crocante. Ficou incrível, é uma ótima forma de substituir os tradicionais nachos mexicanos;
  • As cascas e semente do abacate podem e devem ser colocados na composteira;
  • Você pode usar as cascas do limão para fazer um maravilhoso desinfetante caseiro (clique aqui para dar uma olhadinha na receita do desinfetante).

Agora basta desfrutar do maravilhoso sabor latino caseiro com pessoas que você ama ou mesmo sozinho, afinal você se ama, não é mesmo? 😉

Espero que vocês curtam bastante!

Faça você mesmo: molho de tomate caseiro

Deixe de comprar o molho em saquinho ou de lata. Faça o seu próprio sem produzir lixo e sem conservantes. Totalmente natural, sustentável e muito mais saudável.

Ingredientes:

Opte sempre que puder por ingredientes orgânicos, ou seja, livres de agrotóxicos.

  • 4 tomates
  • 1 cebola
  • 4 dentes de alho
  • umas 15 folhas de manjericão
  • 1 pimentão
  • 1/2 copo de água
  • 1 colher de sopa de azeite
  • sal a gosto

Modo de preparo:

Bate tudo no liquidificador e depois ferve até dar uma cor mais avermelhada e dar uma engrossada básica.

Observações:

Você pode acrescentar os temperos que quiser, conforme o seu gosto pessoal. (cebolinha, salsinha, coentro, etc.)

Você pode também usar quantidades diferentes de cada ingrediente, conforme achar necessário. Eu gosto de usá-lo pra fazer uma sopa de tomate com batata e agrião. Mas você pode usar a criatividade e explorar as mais diversas opções de sopas, caldos e pratos.

Bon Apetit 😉

Você pode também comprar o acesso a esse festival de molhos saudáveis e assistir a várias video-aulas além de ganhar um ebook sobre o assunto.

Faça você mesmo: desinfetante caseiro usando apenas dois ingredientes (muito simples)

Olá pessoal. Nessa receita vamos usar apenas vinagre e cascas de limão ou laranja. Muitas pessoas vem me indicando essa receita mas eu demorei para experimentar por conta de ter um receio da minha casa ficar cheirando a vinagre. Depois de algum tempo decidi dar uma chance a ela por perceber que várias pessoas usam e principalmente por não querer mais jogar embalagens e dinheiro no lixo. Para a minha surpresa o cheiro do vinagre não fica forte, depois de alguns minutos ele some, e se diluído em água, num balde, ele não aparece nem mesmo na hora da limpeza. Uma vantagem bacana desse produto é que quando uso para limpar as gavetas ele remove completamente o cheiro de mofo. Além de ser uma receita bem barata é uma forma de reaproveitar as cascas de limão e laranja, que normalmente não podem ser compostadas por serem muito ácidas, mas que depois de ter ficado de molho no vinagre podem ir pra composteira sem problemas.

DSC_0017  DSC_0026

Vamos ao que interessa!

Ingredientes:

  • Cascas de limão ou laranja
  • Vinagre de álcool
  • Uma erva ou pau de canela pra aromatizar ainda mais (não uso mas vou começar a usar)

Modo de preparo:

Basta mergulhar as cascas no vinagre e deixar por no mínimo uma semana, depois disso você pode passar a mistura para uma embalagem em spray e usar como spray de limpeza, para todo o tipo de limpeza. Quando for usar pode diluir em água, acrescentando a mesma quantidade da mistura só que de água, ou seja, a mistura vai dobrar de volume. Ou você pode mantê-la num pote de vidro como eu faço e virar o pote no pano quando for usar. Eu uso também diluido no balde pra lavar os banheiros. Depois disso tudo as cascas já podem ser colocadas na composteira. Se você não tem uma, você pode colocar diretamente na terra dos vasos das plantas para adubá-las, como eu faço. Eu ainda vou comprar uma composteira e testar. Futuramente publicarei sobre ela.

Da uma olhada neste ebook que tem várias receitas para fazer diversos produtos de limpeza em casa produzindo menos lixo e sem químicos: Guia de Produtos de Limpeza Naturais (link afiliado, pague mais barato comprando por esse link).

Faça você mesmo: desodorante antitranspirante sólido

DSC_0028

Na minha última publicação eu compartilhei com vocês uma receita de desodorante em spray. Hoje conheci e experimentei uma segunda opção, que é sólida.

Funcionou super bem como antitranspirante, andei bastante de baixo do Sol e nada de suor, perfeito! Gostei mais do que a outra receita por deixar as axilas mais sequinhas logo de início.

Mas lembre-se, se você tem a pele muito sensível talvez sinta alguma irritação por conta do bicarbonato de sódio, que para algumas pessoas é muito forte, nesse caso opte pelo desodorante em spray, que é mais suave.

Malefícios do desodorante industrializado

A maioria dos desodorantes convencionais contêm cloridrato de alumínio, o qual fecha os poros das axilas bloqueando a passagem do suor. Desta forma, o desodorante interfere no processo natural de regulação da temperatura do nosso corpo.

Já ouvi falar também que o uso frequente de desodorantes industrializados pode ocasionar câncer de mama, já que suas substâncias penetram pela pele e se depositam na região ao redor das axilas. Não vamos pagar pra ver, não é mesmo?

Portanto, deixe de comprar desodorantes que contêm cloridrato de alumínio! Faça o seu próprio em casa, é tão simples. Dessa forma além de deixar de produzir lixo com as embalagens, sai mais barato. Agora você já tem duas opções de receita. Se não gostar de uma, usa a outra. 😉

Receita

Ingredientes (clique no link para saber onde comprar)

Modo de preparo

Caso o óleo de coco esteja sólido, derreta em banho maria. Misture todos os ingredientes e coloque na geladeira por uns 20 minutos para ficar firme. E depois pode deixar no banheiro e ir usando diariamente.

DSC_0004

Faça você mesmo: receita de desodorante caseiro

11539607_503202086501094_5442398208451692527_n

Essa foto e a receita eu encontrei no Facebook da Bela Gil

Essa receita eu já encontrei em diversos lugares, vi há muito tempo no G1, se não me engano, sobre duas meninas que fazem para vender. Pena que não lembro o nome delas e nem o nome da marca. Depois encontrei em blogs lixo-zero, inclusive em um blog que descobri essa semana chamado Um Ano Sem Lixo, e no facebook da maravilhosa Bela Gil.

Ingredientes

  • 1/2 xícara de leite de magnésia
  • 1/4 xícara de água
  • 1 colher de chá de óleo essencial da sua escolha

Como fazer

É muito simples, basta misturar todos os ingrediente num recipiente de spray que seja de vidro, ou em um pote de roll-on de vidro, chacoalhando bem até ficar homogêneo.

Clique aqui para descobrir porque é tão importante que o recipiente seja de vidro.

Onde comprar

  • Leite de magnésio – em qualquer farmácia
  • Óleo essencial – ou em qualquer farmácia de manipulação ou loja de produtos naturais
  • Borrifador – no mesmo site você encontra outras opções

Faça você mesmo: hidratante corporal orgânico e vegano

Essa é mais uma receita que eu conheci através do blog Trash Is For Tossers, é SUPER simples e uma delícia. Muito melhor do que aqueles hidratantes caros, cheios de substâncias químicas e transgênicos.

Da uma olhada no vídeo da Lauren Singer ensinando como fazer.

Mais abaixo tem a receita por escrito (em português).

Ingredientes

(Quantidades iguais de cada ingrediente)

Onde comprar

Ainda não encontrei uma loja que venda esse tipo de produto a granel ou que venda refil. Então por enquanto estou comprando no site Engenharia das Essências. Nesse site você encontra preços muito bons. Sai mais barato do que comprar em loja de produtos naturais, e você pode comprar desde poucas quantidades até grandes quantidades. Se você não quiser comprar pela internet para não ter que esperar o produto chegar, ou para poder escolher o aroma do óleo essencial, caso não conheça os aromas ou não já tenha um de sua preferência, você pode encontrar esses produtos também em lojas de produtos naturais ou famácias de manipulação. No caso do óleo de amêndoas doces você encontra também em farmácias convencionais.

Preparo

  • Colocar os ingreditentes numa vasilha, e em seguida derretê-los em banho maria;
  • Quando a mistura estiver completamente derretida, tire do fogo e leve a geladeira até que fique totalmente sólida (aproximadamente 1 hora);
  • Bater a mistura na batedeira até atingir uma concistência cremosa;
  • Acrescentar o óleo essencial (aproximadamente 5 gotas) e bater novamente pra misturar bem. Se achar necessário, coloque mais pra deixar o cheiro mais forte. Faça conforme sua preferência, você pode variar as quantidades conforme o seu gosto.

Faça você mesmo: creme dental caseiro

DSC_0190

Aqui vai a receita da pasta de dentes que eu uso atualmente. Conheci a receita através do blog Trash Is For Tossers, da Lauren Singer, e estou usando há dois meses, estou amando. Indico fortemente! É uma ótima opção para quem quer começar a produzir menos lixo. O melhor dessa pasta é que ela clareia muito os dentes e deixa eles menos sensíveis (hoje em dia eu consigo morder um picolé! Uhul!), além de durar bastante tempo, ser muito fácil de fazer, ser orgânica e vegana, ou seja, mais saudável. Ah, tem outra coisa, o óleo de coco nos previne contra cáries e aftas (Veja aqui a notícia da BBC), então não tem porque você continuar usando aqueles cremes dentais cheio de produtos químicos e que vem em embalagens descartáveis. Chega!

Antes que eu me esqueça, algumas pessoas vieram me falar que o bicarbonato de sódio faz mal, então fui conversar com uma dentista, e descobri que o uso abusivo dele faz mal sim, o uso moderado não faz mal. Um exemplo de uso abusivo dele é quando alguém o usa puro, ou faz com ele uma pasta com bem pouquinha água, e escova os dentes com essa pasta por vários minutos pra clarear os dentes em casa, não faça isso! Eu adoro usá-lo porque sinto os meus dentes mais limpos e eles ficam branquinhos. Mas se você tem os dentes extremamente sensíveis, pode substituir o bicarbonato de sódio por pó de juá.


VAMOS AO QUE INTERESSA!

Ingredientes:

  • 2 partes de Óleo de coco;
  • 1 parte de Bicarbonato de sódio;
  • Algumas gotas de Óleo Essencial de sua preferência (para dar sabor).

Preparo:
Essa receita é super simples! Basta misturar o óleo de coco com o bicarbonato de sódio e acrescentar o óleo essencial de sua preferência na quantidade de sua preferência.

Observações:
1. O óleo de coco derrete a 25°C, portanto, se ele ficar muito líquido basta deixar por poucos minutos no freezer ou na geladeira, se ele ficar muito duro, basta tirar de lá.
2. Esse creme dental tem validade de, em média, 2 meses.